A Rua do Giz, em Barra do Corda, MA, e as aldeias indígenas guajajara e canela foram o mundo de infância do autor. Rua do Giz traz ao presente as recordações que marcaram uma infância feliz narrada de forma poética. O leitor terá o prazer de apreciar as crônicas e poesias escritas com humor e amor, exalando os sentimentos de uma geração. Rua do Giz é, também, o retrato em preto e branco do ânimo de jovens que deixaram a terra natal à procura de uma vida melhor e, após encontrá-la e não podendo retornar, por já ter fincado raízes profundas em outros rincões, extravasam as saudades. Por ter o autor nascido entre os índios guajajaras e convivido, até a adolescência, com a tribo canela, no período de crise que quase dizimou aquele povo, narra os fatos históricos presenciados por ele. Rua do Giz é uma espécie de canção do exílio, uma literatura simples e comovente, pelo carinho com a terra amada.

By Eduardo Queiroz Galvão

Download from Itunes